(via seexi)


realismos:

Não há coisa mais triste que despedidas. Não mesmo. Lembro-me de algumas, presenciei pessoas que eu amava se despedindo da vida ali na minha frente, eu nada pude fazer. nada fiz também quando amigos despediram-se de mim, apenas chorei. Despedidas tem disso né? Faz a gente se sentir inútil, incapaz de mudar alguma coisa. É um balde de realidade, que nos é jogado do nada, da pior forma possível.


Eu estava longe de ser uma pessoa interessante. Não queria ser uma pessoa interessante, dava muito trabalho. Eu queria mesmo um espaço sossegado, e obscuro pra viver a minha solidão; por outro lado, de porre, eu abria o berreiro, pirava, queria tudo, e não conseguia nada.
Charles Bukowski (via palavrisses)

(via palavrisses)


Converso com meus botões na esperança de que eles me sinalizem um caminho para sair desse inferno. O tempo voa rápido como um Falcão Peregrino ao meu redor e eu ainda não criei nem vontade para sair da cama. Como fui chegar a esse ponto? Aonde eu vou parar? Em que estação eu vou desembarcar? Eu não tenho nem ideia do trem em que me enfiei. Sento-me na cadeira presente na varanda e paro-me a observar as crianças correndo e sorrindo, os carros passando e os homens e mulheres indo ao trabalho logo pela manhã. Era esquisito… Eu parecia um estranho no ninho e sem asas para voar em busca de novos ares. As paredes já deviam estar surdas de tanto ouvir meus gritos e sussurros desesperados. Eu estava preso e não fazia nem ideia de onde se encontrava a chave da cela. Eu só queria viver um pouco antes de morrer. Eu não queria ter a sensação de que vim ao mundo apenas a passeio.
Thomaz Torres  (via vinculoeterno)

(via vinculoeterno)



O que eu realmente quero que você saiba é que não importa o tempo que passe, o que aconteça ou o que a vida nos ensine. Não interessa quem somos ou quem vamos nos tornar. O que vale é o que carregamos dentro de nós. E você, guarde isso na memória para todo o sempre, eu te carrego junto comigo todos os dias.
Clarissa Corrêa. (via poetaciumenta)

(via poetaciumenta)


É, eu desisti. E acredite, foi o maior ato de coragem que já tive na vida.
Rafael Lemos. (via manuscritto)

(via manuscritto)



Eu acho que quando tudo acaba, tudo volta em flashes, sabe? É como um caleidoscópio de memórias, tudo volta. Mas ele nunca volta. Acho que parte de mim sabia desde o segundo em que eu o vi que isso iria acontecer. Não é na verdade nada que ele disse, nem nada que ele fez. Era o sentimento que veio junto com ele. E a coisa louca é, eu não sei se eu sequer me sentirei dessa forma de novo. Mas eu não sei se eu deveria. Eu sabia que seu mundo mudou depressa demais e queimou intensamente, mas eu só pensava “Como pode o diabo estar te empurrando em direção a alguém que se parece tanto com um anjo quando ele sorri para você?”. Talvez ele soubesse que quando me viu. Eu acho que eu perdi o equilíbrio, eu acho que a pior parte de tudo isso não foi perdê-lo. Foi me perder.
Taylor Swift.  (via manuscritto)

(via manuscritto)